O cérebro é uma ferramenta extraordinária para memorizar, ele funciona mais ou menos como os músculos do nosso corpo, ou seja, quanto mais for usado, mais forte e habilidoso se torna.

À medida que aprendemos, vemos coisas novas, apreendemos diferentes informações e os nossos neurónios criam ligações entre si. Essas ligações, por sua vez, aumentam a nossa capacidade de reter informações e de as conseguimos usar com mais facilidade.

É difícil memorizar tudo o que se faz, vê ou pensa, mas há sempre formas facilitadoras para apreender o mais importante.

Hoje em dia, e dependendo da atividade que se realiza, a criança pode trabalhar a memória através da aprendizagem passiva e ativa.

Aprendizagem Passiva

A aprendizagem passiva é aquela que é realizada por meio de leitura ou escuta. Infelizmente é uma técnica ainda considerada tradicional, das quais a criança só absorve as informações sem tê-las usado na prática e por isso ficam na memória durante um curto período de tempo.

Este método de ensino é caracterizado pela aula meramente expositiva e pela posição passiva do aluno na construção do conhecimento, tornando-se facilmente ineficiente.

Aprendizagem Ativa

Como o nome indica, sugere uma ação. É uma técnica de ensino, que tem como fundamento um maior envolvimento dos alunos, conseguindo que se expressem e aprendam a ser mais dinâmicos.

Aqui, os alunos são convidados a estudar e a aprender utilizando brainstormings, leituras, debates, estudos de caso, experiências práticas e trabalhos.

Este método dá à criança o papel principal no processo de ensino-aprendizagem, tirando-o da posição de um mero recetor de informações.

Cabe-lhe a ela aproveitar a oportunidade, desenvolver-se, tornar-se capaz e assumir responsabilidades em relação à sua aprendizagem.

Aprender ativamente significa ter que pensar, entender e formar a própria opinião. Assim, através da prática, o aluno desenvolve diversas habilidades.

Porque É Que A Aprendizagem Ativa É Mais Eficaz?

  • Desenvolve o pensamento crítico
  • Facilita a apreensão do conhecimento
  • Motiva a estudar
  • Estimula a autonomia da criança
  • Estimula o trabalho em equipa
  • Desenvolve a autoconfiança da criança
  • Facilita a resolução de problemas
  • Satisfaz a criança por ser protagonistas do seu processo ensino-aprendizagem
  • Melhora resultados académicos
  • Empatia entre pares e entre alunos e professores
  • Revela maior interesse nos alunos pelos conteúdos programáticos
  • Aumenta os índices de satisfação dos pais e responsáveis
  • Diminui o abandono escolar

Como vê, os benefícios são imensos, tanto para a criança, como para a escola, professores e família. Por todas estas razões, deve ser implementada a aprendizagem ativa no dia a dia da criança.

Algumas das estratégias a utilizar são, as discussões ou debates em grupo, o estudo coletivo, a aprendizagem baseada em problemas reais, trabalhos em projeto, sala de aula invertida, ensino híbrido, jogos interativos e pedagógicos, interações online e prática.

Aproveite o confinamento e participe positivamente na aprendizagem do seu filho!

Resumindo…

Está mais do que provado que a proatividade e o nível de entusiasmo da criança farão toda a diferença no processo de ensino-aprendizagem. Os benefícios da aprendizagem ativa são muitos, e nada como começar desde pequenos em casa, a estimular a independência e autonomia da criança. Deixo como recomendação os painéis sensoriais da @maliksworldpt, inspirados na pedagogia Montessori. Com este brinquedo didático bem português, as crianças poderão explorar os sentidos, desenvolver a motricidade fina, concentração, criatividade e lógica com materiais do dia a dia.

Se quiser saber mais sobre educação infantil, leia o nosso artigo Hábitos De Estudo Na Criança.

truques-familia-clevermeals

Truques Prá Família é um projeto de Sofia Rodrigues. Enfermeira de profissão, tem percorrido outros caminhos na área da educação, em estreita relação com as crianças e as suas famílias, dentro e fora do contexto clínico. O foco é a educação positiva, saúde escolar e boas práticas que direcionem para os hábitos de vida saudável.